Saúde espiritual

Referência: Gênesis 3.1-19

INTRODUÇÃO

– Não podemos falar sobre saúde espiritual, sem antes falar da doença espiritual. A queda, ou seja, o pecado original trouxe um rompimento profundo nas relações do homem.
– O pecado é como uma doença (Is 1:5). Essa doença atingiu toda a raça humana. E o pecado é uma força desagregadora.

1. O pecado separa o homem de Deus – Is 59:2
• Deus é a vida. O rompimento da comunhão com Deus lançou o homem num estado de morte espiritual. O homem tornou-se cego, surdo, endurecido, morto.

2. O pecado separa o homem do próximo – Gn 3:12-13
• Conflitos conjugais, ciúmes, ódio, amargura, inveja, frieza, acusações, morte (Adão-Eva; Caim-Abel; Pastores de Ló-Pastores de Abraão; Sara-Hagar; Ismael-Isaque)

3. O pecado separa o homem de si mesmo – Gn 3:7
• Sentimento de culpa, complexo de inferioridade, traumas, auto-aceitação, auto-compaixão.

4. O pecado separa o homem da natureza – Gn 3: 17-18
• O homem destrói ou adora a natureza.
• A terra tornou-se maldita. Produz espinhos. Geme aguardo o dia da sua redenção (Rm 8:23).

I. O PROCESSO DA ENFERMIZAÇÃO ESPIRITUAL

1. O homem torna-se doente quando ele abre espaço para escutar o diabo – v. 1
2. O homem torna-se doente quando ele acolhe dúvidas sobre a Palavra de Deus – v. 1,2
3. O homem torna-se doente quando ele fica no lugar errado, na hora errada, com a pessoa errada aceitando insinuações sobre a veracidade da Palavra de Deus – v. 1-6
4. O homem torna-se doente quando cai nas malhas do diabo e começa achar o pecado agradável – v. 4-6
5. O homem torna-se doente quando hospeda no coração sentimentos de ingratidão, insatisfação e megalomania – v. 5-6

II. O DIAGNÓSTICO DA DOENÇA ESPIRITUAL

1. O drama da culpa – v. 7
2. O peso esmagador da vergonha – v. 7 (compare com 2:25).
3. O medo e a fuga de Deus – v. 8 (perderam a intimidade com Deus)
4. Os mecanismos de fuga:
4.1. A racionalização – “porque estava nu, tive medo, e me escondi” – v. 10
4.2. Transferência – v. 12
4.3. Projeção – v. 13 – Freud – “o problema é o outro. Os problemas são alógenos”
4.4. Acusação e conflito conjugal – v. 12
4.5. Guerra espiritual – v. 15
4.6. Dor – v. 16
4.7. Fadiga – v. 17
4.8. Solidão – v. 23

III. O PROBLEMA DA DOENÇA HAMARTIAGÊNICA

1. Quando o pecado gera doença
a) Tg 5:14-16
b) 1 Co 11:30
c) Sl 32:3-4 – 1) Depressão – “A tua mão pesa sobre mim dia e noite”; 2) Culpa esmagadora – “O meu vigor tornou-se em sequidão de estio”; 3) Turbulência emocional – “Constantes gemidos todo o dia”; 4) Somatização – “Envelheceram os meus ossos”.
d) Sl 51:3 – 1) Fixação e obcessão – “o meu pecado está sempre diante de mim”.
e) Sl 38:1-22
1) Depressão – v. 2 “cravam-se em mim as tuas setas e a tua mão recai sobre mim”
2) Estado psicológico e doença psicossomática – v. 6
3) Estado de inquietação e a doença psicológica – v. 8
4) Estado de estresse e a doença psicossomática – v. 10 (taquicardia, desânimo e desmaio e vertigens).

2. As causas das doenças produzidas pelo pecado
a) Pecados não perdoados – v. 3,4
b) Ansiedades do coração – v. 9
c) Solidão e Abandono – v. 11
d) Traição dos inimigos – v. 12

3. A Cura para as doenças espirituais
a) Confissão e mudança de posturas – v. 18,22; Sl 32:1-2, 5-7; Sl 51:1-4; Pv 28:13
b) Não alimentar discussões e hostilidades – v. 13-14
c) Entregar sua causa a Deus v. 15,21-22
d) Não alimentar sentimento de vingança no coração – v. 20
e) Adotar uma comunicação saudável – Pv. 16:24

4. A restauração plena da saúde espiritual
a) Reconciliação com Deus – Pecados perdoados, habitação do Espírito, vida abundante
b) Reconciliação com o próximo – harmonia nos relacionamentos em casa, entre os vizinhos, inimigos.
c) Reconciliação consigo mesmo – Auto-aceitação
d) Reconciliação com a natureza – Ser mordomo e não predador.

Rev. Hernandes Dias Lopes

Sobre Webmaster