Jovens em Ação – Abril 2012 “Abrindo os olhos do coração”

Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória-ES
21/04/2012 as 19h30

Rev. Eldi Lopes de Faria Junior

Jesus sentenciou: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus”. (Mateus 5:8)

 E também: “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz”. (Mateus. 6:22)    O apóstolo Paulo relembrou: “Tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos”. (Efésios 1:18)    O coração do homem é o centro da sua existência.  Uma vez mudado o seu coração, mudado estará todo o seu ser.  Os olhos do coração permitem ao homem enxergar a Deus e compreender o evangelho de Jesus Cristo.

 Neste encontro, refletiremos a respeito do que devemos buscar, a título de percepção; entendimento e compreensão das coisas de Deus.    Apresentaremos petição ao Pai, para que Seu Espírito Santo abra os olhos dos nossos corações, para que tenhamos nova vida, de santidade; de serviço; de amor aos irmãos e, principalmente, de amor a Deus.

One thought on “Jovens em Ação – Abril 2012 “Abrindo os olhos do coração”

  • 23 de abril de 2012 em 3:49
    Permalink

    É certo com diz a palavra de Deus, que existe a diferença entre ver e enchegar, foi asssim que Jesus Cristo ensinou em Marcos 8:22-26, quando lhe trouxeram um cego, e as pessoas pediam que lhe tocasse, e Jesus tomou o o cego pela mão e levou-o para fora da aldeia e colocou saliva nos olhos e impondo-lhes as mãos, pergunto-lhe: Vês alguma coisa? ao que o cego respondeu: Vejo os homens como árvores andando, Jesus tocou-lhe novamente e o hoemm passaou a ver claramente, ficou restabelecido. Jesus nos ensinou que não é o nervo ótico responsavel pela visão e sim a mente, sim porque a saliva tocou o nervo ótico mas a visão não foi restabelecido, quando Jesus tocou na mente e no coração, a gente passa a enchergar. Todos os dias nos estamos vendo tanta coisa mas não estamos enchergando, não distinguimos as coisas “vemos os homens como árvores” temos a visão distorcida.
    Assim a maioria de nós perdemos essa capacidade de ver…de ver o filho que têm tudo que o nosso dinheiro pode compar, mas não tem o amor dos pais, a esposa que enchergamos como a dona de casa, que prepara a comida, mas não mulher que juramos amar, cuidar, respeitar até que a morte nos separe, vemos todos os dias tantas coisas que precisam da intervençaõ de um “Filho de Deus” assim como dizemos que somos, mas passamos de largo como o sacerdote, e o levita, precisamos enchergar como o samaritano e agir e socorrer, a todos que oSenhor nos dispor pelo caminho da vida, até que Ele venha. Amém.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *