O retorno do Rei

A segunda vinda de Cristo é a acrópole da nossa esperança, o pináculo da teologia cristã, o ponto culminante da história. Jesus voltará. A história não está à deriva nem dando voltas. A história caminha para uma consumação final, onde a vitória será de Cristo e de sua igreja. O mal não vencerá o bem. A mentira não prevalecerá sobre a verdade. O diabo, que já foi derrotado na cruz será lançado no lago de fogo quando Cristo vier em glória.

Destacaremos sete aspectos da segunda vinda de Cristo:

1. Jesus voltará pessoalmente. Ele não enviará um embaixador em seu lugar. Ele mesmo virá pessoalmente. Assim como ele subiu ao céu entre nuvens, de lá ele descerá da mesma forma (At 1.9-11). O mesmo Jesus que morreu, ressuscitou e voltou ao céu, descerá do céu para buscar a sua igreja.

2. Jesus voltará visivelmente. A Bíblia diz que todo o olho o verá, até aqueles que o traspassaram (Ap 1.7). A segunda vinda de Cristo será notória, pública e inegável. Não ocorrerá secretamente, mas será vista em toda a terra, por todas as pessoas. Será o acontecimento mais esplêndido da história. Será um dia de trevas para os ímpios e de alegria inefável para os filhos de Deus.

3. Jesus voltará audivelmente. A Escritura diz que ouvida a voz do arcanjo e ressoada a trombeta de Deus, Jesus descerá do céu, com grande poder e muita glória (1Ts 4.16; 1Co 15.52). Cristo irromperá das nuvens com um sonido retumbante. Esse som da trombeta de Deus ecoará em todos cantos da terra. Se todo o olho o verá, também todo o ouvido o ouvirá. Nesse momento, os mortos ouvirão a sua voz e sairão dos túmulos, uns para a ressurreição da vida e outros para a ressurreição do juízo (Jo 5.28,29). Naquele dia triunfal, os mortos em Cristo ressuscitarão com um corpo imortal, incorruptível, poderoso, glorioso, espiritual e celestial antes mesmo dos vivos serem transformados e arrebatados para o encontro do Senhor nos ares. Oh, que glorioso dia, aquele dia será!

4. Jesus voltará repentinamente. O apóstolo Paulo diz que será num momento, num abrir e fechar d’olhos (1Co 15.52). Jesus diz que sua vinda será como o relâmpago que risca os céus, abrindo um faixo de luz do oriente para o ocidente (Mt 24.27). Vai ser com essa rapidez que o Filho do Homem virá. Quando ele vier não haverá mais tempo para se preparar. Quem não tiver azeite em sua lâmpada, ficará de fora das bodas do Cordeiro.

5. Jesus voltará inesperadamente. O dia do Senhor virá como ladrão (Mt 24.43; 1Ts 5.2). Não será um dia óbvio. Porque não sabemos o dia nem a hora, precisamos vigiar. Será como nos dias de Noé, quando as pessoas comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento. Subitamente chegou o dilúvio e as pessoas não puderam escapar, exceto Noé e sua família. Não durma o sono da morte. Não se contente apenas em ter aparência de um cristão. Vigie!

6. Jesus voltará inescapavelmente. O apóstolo Paulo diz que, assim como uma mulher grávida precisa dar à luz, assim também, é necessário que Jesus volte (1Ts 5.3). Ninguém pode deter o Filho de Deus. Ninguém pode cancelar essa agenda. Ele voltará, ainda que os céticos neguem essa verdade ou os falsos mestres a deturpem. Ele voltará para julgar as nações. Ele voltará para colocar todos os seus inimigos debaixo de seus pés. Ele voltará para reinar para sempre com sua igreja.

7. Jesus voltará gloriosamente. Na primeira vinda, Jesus veio calçado com as sandálias da humildade; na segunda vinda, ele virá em glória, mostrando toda a sua majestade (Mt 25.31). Ele virá acompanhado de um séquito de anjos. Virá na companhia de todos os remidos. Virá com todo o fulgor de sua majestade para matar o anticristo com o sopro de sua boca. Virá para lançar no lago do fogo o dragão, o anticristo, o falso profeta, os ímpios cujos nomes não estão no livro da vida e também a morte, o último inimigo a ser vencido. Você está preparado para esse dia? Você tem azeite em sua lâmpada? Prepare-se porque Jesus virá e não tardará.

Rev. Hernandes Dias Lopes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *