PARABÉNS, PRIMEIRA IGREJA PRESBITERIANA DE VITÓRIA

No dia 26 de dezembro deste ano, a Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória celebrou seus noventa e dois anos de  organização. Sua trajetória nessas mais de nove décadas foi marcada por lutas e desafios, expansão e crescimento. Hoje,  erguemos aos céus nosso tributo de gratidão pela nossa amada igreja, rogando ao Pai que ela continue resoluta em sua  marcha de proclamação do evangelho de Cristo.  

Esta data magna enseja-nos quatro reflexões: 

Em primeiro lugar, somos uma igreja comprometida com a fidelidade à Palavra de Deus. Por bondade de  Deus, esta igreja manteve-se firme ao longo dos anos, jamais negociando a verdade e jamais cedendo às pressões para  relativizar as Escrituras. Atravessamos dias tempestuosos, mas sempre olhamos para aquele que é o autor e consumador  da nossa fé. Ventos de doutrinas sopraram por todos os lados, tentando encontrar brechas em nossa armadura, mas a igreja  sempre vigilante, manteve-se inabalável em seu compromisso de fidelidade à Palavra de Deus. Perigos e ameaças  rondaram a igreja, mas o Senhor da igreja, aquele que a comprou com o seu precioso sangue, a protegeu de todos os  aleivosos perigos. Hoje, como desde o começo, alçamos nossa voz para declarar que cremos nas Escrituras como a  Palavra de Deus inspirada, inerrante, infalível e suficiente. A Palavra de Deus não pode falhar. Passa o céu e a terra, mas ela  não passará. É nossa única regra de fé e prática, mais preciosa do que muito ouro depurado e mais doce do que o mel e o  destilar dos favos. Por ela somos chamados à conversão. Por ela crescemos no conhecimento e na graça de Cristo. Por ela  somos santificados e fortalecidos com poder. 

Em segundo lugar, somos uma igreja comprometida com a expansão do evangelho. Somos gratos a Deus  pelos nossos pioneiros. Semearam com lágrimas e colhemos com alegria. Investiram a vida nesta obra bendita e hoje  temos os frutos desse investimento. Homens e mulheres, jovens e crianças, sob o frescor da ação do Espírito, legaram-nos  uma igreja viva, entusiasmada, com clara visão missionária e comprometida com a pregação do evangelho. Pela graça de  Deus, a igreja saiu das quatro paredes e sua voz foi ouvida dos outeiros da história e proclamada aos ouvidos do mundo.  Nesses anos de benfazeja jornada, esta igreja tornou-se protagonista da evangelização na região metropolitana de Vitória,  bem como de outros horizontes mais longínquos.  

Em terceiro lugar, somos uma igreja comprometida com a plantação de novas igrejas. Sempre foi uma marca  desta igreja sua visão de expansão missionária e plantação de novas igrejas. Do labor deste rebanho, muitos pontos de  pregação tornaram-se congregações e muitas dessas congregações foram organizadas em novas igrejas. Igrejas vigorosas  que continuaram se multiplicando para a glória de Deus. Hoje, nesse inventário de gratidão, tributamos a Deus nosso  reconhecimento de que tudo o que foi feito, foi por causa de Cristo, por meio de Cristo e para a glória de Cristo, o cabeça, o  fundamento, o dono, o edificador e o protetor da Igreja.  

Em quarto lugar, somos uma igreja comprometida com os valores do Reino de Deus. Esta igreja reconhece o  seu chamado de ser sal da terra e luz do mundo. Ela está no mundo sem ser do mundo. Não se encolhe nem se acovarda  diante dos perigos da vida contemporânea, pois não é luz debaixo do alqueire, mas luz no velador. Não se dobra diante da  ética relativa e situacional de uma cultura decadente, mas continua sobranceira e determinada a pregar as insondáveis  riquezas do evangelho de Cristo. Procura, pela graça de Deus, permanecer fiel, sem se desviar para a direita ou para a  esquerda, mas procura sempre inclinar seus ouvidos, para ouvir, com clareza diáfana, a voz de Jesus, o bom, o grande e o  supremo Pastor das ovelhas.  

Rev. Hernandes Dias Lopes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *